TOPTEAM ONLINE


Edição 02 - Ano 19
Rafael Martin, da Servier do Brasil

Formado em Administração de Empresas pela Universidade do Grande Rio, Rafael Martin já trabalhou na Sudestefarma, Drogacenter e GlaxoSmithKline. Atualmente, é gerente de contas da Servier do Brasil.

Site preferido: G1

Cidade que gosta de viajar: San Francisco

Algo positivo: Trabalhar com pessoas que valorizam o seu trabalho.

Algo negativo: Política Brasileira

Frase preferida: Ninguém é tão forte como todos nós juntos.

Desafio atual: Gestão de uma nova equipe, em um projeto muito importante na empresa.

Desafio futuro: Buscar desafios profissionais em outros países.

Uma mensagem pessoal: Existem momentos na vida em que o desenvolvimento profissional e a vida pessoal se cruzam, e fazem com que você pare e reflita se vale a pena. Estou vivendo um momento profissional e pessoal muito intenso, no qual minha família, indiretamente, me faz estar presente, e por um outro lado a vida profissional, cheia de desafios, faz com que eu me afaste um pouco. O que ganho como aprendizado é que temos que persistir com os objetivos e não podemos deixar que pequenos obstáculos te levem a desistência.

Vagner Bonato, da Meda Pharma Brasil

Formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade Metodista de São Paulo, Vagner Bonato já trabalhou na Merck Sharp & Dohme e atualmente é Product Manager da Meda Pharma Brasil.

Site preferido: TED.com

Cidade que gosta de viajar: Barcelona

Algo positivo: Família

Algo negativo: Desconfiança, falsidade

Frase preferida: O sucesso normalmente vem para quem está ocupado demais para procurar por ele – Henry David Thoreau.

Desafio atual: Enfrentar o cenário atual do Brasil, mantendo e perseguindo os objetivos de crescimento dos produtos

Desafio futuro: Encarar voos mais altos na carreira!

Uma mensagem pessoal: Passei vários anos na MSD, onde tive várias oportunidades e ótima formação profissional. Meu crescimento foi natural. Em um momento de coragem e desassossego aceitei o desafio de ingressar em uma Start Up. Fui o 10º funcionário contratado. Senti o que é sair da zona de conforto e reconheço que esse foi o maior investimento em minha carreira. Nesse modelo, com a empresa em formação não existem ainda as áreas de suporte tradicionais. A execução dos negócios depende de poucos. Mas, acontece. Os desafios aparecem, mas com eles as oportunidades e com elas, o entusiasmo. Sentimento que mantém o desassossego.

VOLTAR

Enviar esta página


TOP TEAM | ONLINE